Centro Cultural Jeusalém

Neste fim de semana finalmente minha família e eu conseguimos conhecer o Centro Cultural Jerusalém. O passeio já estava planejado há bastante tempo, mas na correria do dia a dia acabava ficando sempre para depois. Logo que chegamos contamos com a tranqüilidade do estacionamento do local que nos permitiu parar bem próximo da entrada. Aí começou nosso passeio pela sensacional maquete de Jerusalém. Um trabalho realmente impressionante e de grande valor para nós. A Jerusalém da maquete nos leva ao ano 66 DC, e o protagonista da estória é o Templo de Jerusalém reconstruído em 539 AC pelos judeus (entre eles Neemias, Esdras e Zorobabel) por decreto do Rei Cyro da Pérsia e futuramente remodelado por Herodes o Grande. O Templo se manteve erguido até o ano 70 DC quando foi destruído pelos romanos. Na investida para conter a grande revolta judaica, o General Tito Flávio, filho do então imperador Vespasiano, toma a cidade e destrói o Templo dizimando os judeus rebelados. O muro ocidental da grande muralha que cercava o Templo, foi deixado de pé pelos romanos apenas para lembrança de seu grande poder. Atualmente este é um lugar sagrado para os Judeus e é chamado de “Muro das Lamentações”. Além do Templo a maquete reproduz todas as construções da cidade na época, com destaque para o palácio de Herodes, o hipódromo, a casa de Caifás, o Tanque de Siloé, o anfiteatro e a fortaleza Antônia. No final do passeio aproveitamos para conhecer a cafetereria do local e tomar aquele cafézinho.Vale a pena incluir o Centro Cultural Jerusalém no seu roteiro de passeios e para aqueles que quiserem ir em grupo, o Centro Cultural Jerusalém oferece visitas com guia (neste caso é preciso ligar anter e agendar a visita).

[nggallery id=1]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *