Precisamos Viver a Palavra

Em uma época de tantas dificuldades, violência, individualismo e desamor, precisamos buscar cada vez mais a Deus através do conhecimento e, principalmente, da aplicação de Sua Palavra. Muita gente parece “brincar” de ser cristão. O mundo caminha para um abismo onde a Palavra de Deus vem sendo distorcida e, muitas vezes, utilizada apenas em benefício próprio. Tiago nos fala “sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.” (Tiago 1.22). Apesar da clareza da Palavra muitas pessoas agem como crianças desobedientes. “Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento”. (1Coríntios 14:20).

É muito comum vermos esse tipo de comportamento, inclusive com pessoas próximas, mas recentemente passei por uma experiência muito triste ao perceber esse problema em alguém que eu realmente não esperava. Isso me fez lembrar o caso daquele edifício construído usando areia de praia: belo por fora, mas com estruturas fracas. E não deu outra, o prédio desmoronou! Jesus repreende claramente esse tipo de atitude: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade. Fariseu cego! Limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo”. (Mateus 23: 25-26). Precisamos cuidar do nosso interior e não apenas do exterior, precisamos de estruturas fortes, firmadas na Rocha para que não desmoronem, e pior ainda, para que não levemos outras pessoas para o buraco, por causa de nossos erros!

Todos nós estamos expostos às constantes investidas do inimigo de nossas almas, mas devemos estar sempre alertas, buscando ao Senhor em espírito e em verdade e, sem dúvida, Ele abrirá os nossos olhos e não permitirá que sejamos enganados. Em todos os momentos devemos sempre colocar a  nossa fé em ação e interceder por todos aqueles que não ainda não tiveram um encontro verdadeiro com o Nosso Senhor Jesus Cristo (“cristãos” ou não), para que eles possam desfrutar do amor, da graça e da misericórdia que Ele tem para conosco! Glória a Deus!

A Paz do Senhor!
Andre Brum

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *